O que é Energia Solar

O que é Energia Solar

 

A energia solar caracteriza a luz e o calor transmitidos pelo Sol, que são aproveitados por diversos tipos de tecnologias.

Ao contrário do conhecimento popular, a energia solar pode ser aproveitada de maneiras muito além do mero aquecimento de água.

Suas principais utilizações estão ligadas a aquecedores e a geração de energia elétrica, onde estão as maiores oportunidades.

Muito se confunde a respeito da diferença entre sistemas de aquecimento solar (aquecedores solares) e sistemas fotovoltaicos. A distinção entre eles está justamente entre o tipo de tecnologia utilizada.

 

Formas de aproveitamento da energia solar

A seguir vamos ver as principais formas de tirar proveito do Sol, seja para gerar ou economizar energia.

Aquecedor Solar:

Muito comum em países tropicais, o Brasil já é o 3º país no mundo com mais aquecedores solares instalados.

Esta tecnologia permite o aquecimento da água por meio da absorção da energia térmica transmitida pelo sol.

Ela substitui chuveiros elétricos ou com aquecimento a gás e no longo prazo justifica seu investimento inicial ser mais alto.

Apesar do benefício financeiro, é perfeitamente possível que alguns dias do ano a água não alcance a temperatura desejada. Isso leva muitas pessoas a não instalarem o sistema ou até mesmo fazer a instalação em conjunto com chuveiros elétricos.

Energia Fotovoltaica:

Esta energia é fruto da absorção da luz emitida pelo sol por sistemas fotovoltaicos, que a transformam em energia elétrica convencional.

Uma queda expressiva em seu preço nos últimos anos combinado com uma legislação favorável resultaram em um crescimento exponencial aqui no Brasil.

Esta é uma das únicas alternativas de geração de energia elétrica disponível para todos os consumidores.

Apesar de ser uma fonte intermitente (a noite não há geração) a ANEEL criou um sistema de compensação energética chamado net-metering que permite o pleno funcionamento destes sistemas em casas, comércios e industrias.

Energia Hélio térmica

Esta consiste no processo de aquecimento de um liquido para gerar vapor e movimentar uma turbina que por fim aciona o gerador.

Esta tecnologia é considerada limpa e renovável uma vez que esse vapor é condensado ao final do processo se tornando liquido de novo. Desta maneira não há perdas e muito menos emissão de gases na atmosfera.

O aquecimento deste liquido é feito através de milhares de espelhos que direcionam a energia transmitida pelo sol.

A principal diferença entre a hélio térmica e a fotovoltaica é o porte e consequentemente o volume de investimento necessário.

 

 

Energia solar no mundo

Democrática e acessível, a fonte solar é uma das poucas que se faz presente em todos os cantos do globo terrestre.

Justamente por esse motivo que ela é a fonte com maior potencial de produção dentre todas as outras, como podemos verificar abaixo:

Podemos observar que apenas uma fração do potencial solar já seria o suficiente para suprir toda a demanda energética global.

Diante disso você pode estar se perguntando o porquê desta fonte representar apenas 1,2% da matriz energética mundial sendo que possui tamanho potencial.

O motivo disso é que as tecnologias para aproveitamento da energia solar apenas se tornaram viáveis a pouco tempo. Para se ter uma ideia, até 2014 o investimento em energia solar fotovoltaica era praticamente inexistente, tendo pouco mais de uma dezena de usinas instaladas e conectadas a rede.

O avanço tecnológico provocou um aumento na eficiência e diminuição do preço, acarretando em um crescimento exponencial.

A partir de agora a tendência é de um rápido crescimento desta fonte geradora ano a após ano.

 

Energia solar fotovoltaica no Brasil   

Sem sombra de dúvidas a energia solar fotovoltaica é a que possui maior destaque hoje no cenário nacional.

Com a flexibilidade de poder ser utilizada em micro usinas para residências até grandes fazendas centralizadas capazes de abastecer 48.000 casas por mês, essa fonte vem em uma crescente expansão no Brasil.

Fonte: Greener

Como podemos analisar no gráfico acima, o segmento vem crescendo a uma taxa acima dos 200% ao ano aqui no Brasil. Todo esse crescimento movimenta a economia e distribui renda ao longo da cadeia.

Quem adquire um sistema fotovoltaico está economizando, aumentando sua renda disponível para outros gastos e movimentando ainda mais a economia. Justamente por isso que a energia solar fotovoltaica é boa para toda a sociedade.

Hoje já são raras as cidades acima de 25.000 habitantes que não possuem ao menos um sistema instalado.

Vamos agora analisar o crescimento do número de sistemas instalados em todos os estados da federação.

Fonte: Greener

 

Os líderes em sistemas instalados são Minas Gerais, Rio Grande do Sul e São Paulo, respectivamente.

Isso se dá principalmente pela adoção antecipada ao convenio do ICMS e pelo alto poder aquisitivo dos habitantes.

 

 

 

Se quiser participar deste mercado que cresce exponencialmente  nos siga nas redes sociais @academiadosol e deixe nos comentários a sua dúvida!

Para acessar o nosso canal do youtube, clique aqui.

 

 

compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Acompanhe nas Redes Sociais

GetPower Energia Solar | CNPJ 29.566.182/0001-44 | Copyright 2020 – Todos os direitos autorais e intelectuais reservados por lei